Av. Presidente Kennedy, 204, São Sebastião, Bezerros-PE.
Ligue: 81 - 99400.5794
leticiaxavier@imetcursos.com.br

Blog

Home  /  Notícias   /  Pequenos negócios foram responsáveis pela geração de mais de 580 mil vagas em 2018

Pequenos negócios foram responsáveis pela geração de mais de 580 mil vagas em 2018

Os pequenos negócios registraram, no ano passado, o maior volume de postos de trabalho dos últimos quatro anos, segundo dados do Caged.

As micro e pequenas empresas (MPE) geraram em 2018 o maior saldo de empregos formais dos últimos quatro anos. Foram mais de 580 mil novas vagas, um aumento de 67% em relação a 2017. Como as médias e grandes empresas fecharam o ano com um volume negativo de vagas, por terem tido mais demissões do que contratações, coube aos pequenos negócios sustentar a criação de empregos. Em dezembro, como já era esperado, em função da sazonalidade, houve o fechamento de 334,5 mil postos de trabalho, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia. “Os empreendimentos de pequeno porte são fundamentais para o crescimento econômico do país, mesmo sendo um ano difícil, em 2018, a geração de empregos foi sustentada por elas”, destaca o presidente do Sebrae, João Henrique Sousa.

A participação dos pequenos negócios no volume de demissões (líquidas) registradas em dezembro de 2018, foi de 46,1% do total (-154,2 mil empregos). Já as médias e grandes corporações fecharam um número maior de vagas no mesmo mês (163,3 mil) e as estatais extinguiram cerca de 17 mil postos de trabalho. À exceção do Comércio, todos os demais setores registraram saldos negativos de empregos gerados em dezembro de 2018. Entretanto, no acumulado de todo o ano passado, as micro e pequenas empresa (MPE) tiveram um crescimento no número de vagas em todas as áreas, com destaque para o setor de Serviços, onde foram responsáveis pela criação de 350,2 mil novos postos de trabalho, 60% do total de empregos gerados em 2018 no país. Em segundo lugar, sobressaíram-se os pequenos negócios que atuam no Comércio, com a geração de 108,8 mil empregos.

Em dezembro de 2018, em função da sazonalidade, todas as unidades da Federação registraram saldos negativos de empregos gerados. Mas a região Sudeste, por reunir a maior quantidade de empresas, foi a que se destacou, com 73,5 mil vagas a menos, seguida pela região Sul, com 33,7 mil demissões (líquidas). Os setores mais atingidos no mês passado, entre as micro e pequenas empresas, foi o de Serviços, com o corte de 59,2 mil vagas, seguido pela Indústria da Transformação, com 49,1 mil postos a menos e a Construção Civil, com 31,1 mil. Mesmo assim, o saldo acumulado de 2007 a 2018 é de 11.604 mil contratações com carteira assinada entre os pequenos negócios, enquanto as médias e grandes empresas possuem, no mesmo período, um saldo negativo de 1.389 mil empregos.

Fonte: https://www.administradores.com.br/noticias/cotidiano/pequenos-negocios-foram-responsaveis-pela-geracao-de-mais-de-580-mil-vagas-em-2018/127693/ – Acesso em 30-01-2019 as 09:51 horas.

+ Professor e Diretor Acadêmico + Mestre em Administração – UFPE (2016/2018) + MBA Planejamento e Gestão Organizacional (FCAP-UPE) + Bacharel em Administração de Empresas (UFRPE) + Curso Superior em Gestão de Pessoas (FBV) + Professor de Gestão e Planejamento na SEE-PE / ETE-MJV + Coordenador do Polo de Bezerros – PE / ETE-MJV

2 Comments
Post a comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.